Porque não consigo emagrecer?

Para alguns perder uns quilinhos não é uma tarefa fácil, mas muitas pessoas se perguntam: porque não consigo emagrecer?

Existem vários fatores que podem estar impedindo esta perda de peso. A seguir, relacionamos algumas questões que podem ser os motivos desta dificuldade.

Procure observar o que você está fazendo (ou deixando de fazer), pode ser de grande ajuda:

·       Desequilíbrio hormonal

Um motivo bem comum para não conseguir emagrecer é o desequilíbrio de hormônios. Sintomas como ciclo menstrual instável e irregular, depressão, fadiga, TPM, ansiedade, problemas de tireoide, podem indicar um desequilíbrio de hormônios.

Nestes casos o ideal é buscar orientação de um profissional da saúde que, através de exames, lhe dará um tratamento adequando de acordo com seu caso.

·       Carência de vitamina D

A carência de vitamina D está relacionada com ganho de peso, assim como por outros sistemas metabólicos. Se você passa muito tempo em ambiente fechado, procure se expor mais ao sol ou recorra à ajuda de um suplemento desta vitamina por indicação médica.

·       Metas realistas.

Muitas pessoas determinam seu fracasso na dieta quando estabelecem metas inatingíveis. Seja realista, você se conhece melhor do que ninguém, no codigo emagrecer de vez explicam muito bem sobre como isto é importante.

Não faça programas de dieta que não poderá cumprir, isto leva a frustração. Frustração muitas vezes leva a compulsão de comer mais ainda.

·       Má digestão

A saúde dos intestinos determina nosso estado geral. Procure consumir alimentos que facilitam a digestão e o bom funcionamento dos intestinos.

Nos intestinos se encontram bactérias que combatem doenças, produzem hormônios, processam a comida e selecionam os nutrientes. Mastigar bem a comida pode ser uma forma de ajudar no funcionamento do aparelho digestivo e perda de peso.

·       Sedentarismo

Seu corpo gosta de movimento ao longo do dia. Mesmo que você tenha um trabalho que lhe obrigue a ficar sentado diante de uma mesa de escritório, faça o que puder para andar pelo menos 20 minutos por dia. 

·       Stress

O stress pode ser um grande inimigo. A longo prazo altera os níveis de cortisol que é um hormônio associado ao equilíbrio da glicose no sangue. O desequilíbrio deste hormônio pode levar ao ganho de peso.

·       Se não sabe, aprenda a cozinhar

É impossível controlar o que se come em restaurantes, o que usam, quais as quantidades. A menos que você coma em um restaurante habilitado em culinária saudável, é melhor durante a dieta você mesma preparar sua comida com cuidado, carinho e amor. 

Conheça mais 5 razões do porque não consegue emagrecer:

Bambuterapia o que é, e como funciona

Atualmente, a vida está bastante corrida e estressantes, o que torna a rotina bem pesada. No entanto, existem alternativas como a bambuterapia que podem ajudar nessa questão.

O fato é que as técnicas de relaxamento estão sendo cada vez mais procuradas, especialmente para aquelas pessoas que necessitam aliviar as tensões do dia a dia.

Isso sem falar que a busca por um corpo atraente e mais bonito também é uma tendência crescente, visto que isso tem uma relação direta também com o bem estar pessoal.

Dessa forma, diversas técnicas do mundo inteiro vão se espalhando e se popularizando em outras localidades, apresentando sempre novas formas de aplicação, materiais e benefícios.

Com isso, é possível conquistar sempre novos resultados através de técnicas inovadoras e cheias de vantagens.

Então, se você quer saber um pouco mais sobre a bambuterapia, continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber sobre esse assunto. Vamos lá?!

O que é bambuterapia?

Para quem não conhece, a bambuterapia nada mais é do que uma técnica de origem francesa, que atua oferecendo benefícios tanto estéticos como de bem-estar físico, embora muita gente acredite inicialmente que ela é chinesa, o que é um engano.

A técnica consiste em utilizar diferentes tamanhos de bambus para massagear o corpo.

Assim ela está mudando a vida de muitas mulheres no mundo inteiro. Isso porque a promessa é que a técnica ajuda a remodelar o corpo, diminuir as medidas e ainda a relaxar muito.

Além disso, considerando o aspecto estético, a bambuterapia ainda atua como uma drenagem linfática muito eficiente, ajudando a combater a retenção de líquidos. O melhor dito tudo é que as peças de bambu ainda contribuem para a eliminação do tecido adiposo.

Além disso, o uso do bambu no faz pressão no corpo, aliviando a tensão muscular, os dores na musculatira e aumentando a sensação de bem-estar.

Como funciona a bambuterapia

Uma sessão dessa técnica deve ter a duração de cerca de 40 minutos e é feita com o cliente usando uma roupa de banho.

De uma forma bem simples, o profissional especialista na técnica irá usar os bambus para aplicar uma massagem no corpo do paciente. Para potencializar os resultados, são usados diferentes tamanhos de bambus.

Assim, o profissional irá escolher o tamanho de bambu mais indicado para a parte do corpo do paciente e vai usá-lo para aplicar pressão em diferentes pontos do corpo, rolando o bambu.

Os valores podem variar bastante de acordo a região e o local escolhido para a realização do procedimento. No entanto, é um tipo de técnica que melhora com a frequência, então, diversos centros de estética oferecem opção de pacotes de massagem.

Quando é indicada a bambuterapia

A bambuterapia é uma técnica que traz benefícios para a saúde estética e física, ou seja, ajuda a modelar o corpo e aumenta o bem estar físico.

Então, ela é indicada quando o paciente deseja os seguintes benefícios:

  • Diminuição da celulite
  • Ajuda a combater a gordura localizada
  • Atua contra a flacidez
  • Promove a diminuição das medidas

Vale lembrar, porém, que esse tipo de técnica não deve ser aplicada em pacientes com câncer, diabetes ou trombose, que são as mesmas contraindicações de uma drenagem linfática, por exemplo.

Porque utilizar bambus

Pois bem, de início pode até parecer meio estranho usar esse tipo de material para a aplicação de massagens. No entanto, a superfície do bambu é regular, fazendo com que ele seja considerado um ótimo material para massagem, visto que desliza bem pelo corpo.

Mais do que isso, segundo os orientais, o bambu significa leveza e força ao mesmo tempo.

Justamente por causa dessas suas características é que ele pode proporcionar uma massagem com bastante firmeza, mas sem machucar ou causar danos ao paciente.

Vale ressaltar ainda que a bambuterapia não apresenta quaisquer tipos de efeitos colaterais. Por isso é que ela pode ser feita em pessoas de qualquer idade ou sexo.

Porém, como já foi dito anteriormente, ela possui ação modeladora e é por isso que ela é contraindicada para pacientes que possuem câncer, trombose, diabetes, entre outras condições crônicas.

A boa notícia é que essa técnica é muito benéfica para o tratamento de celulite, flacidez e também na eliminação de gordura localizada.

Sendo assim, é comprovado que a bambuterapia traz uma série de benefícios. Porém, o mais indicado é sempre falar com um médico antes de adotar qualquer tipo de procedimento, incluindo aqueles que são estéticos.

Se o médico aprovar, pronto, basta relaxar e aproveitar todos os benefícios que a bambuterapia pode oferecer para você e para o seu corpo.

Então, agora você já sabe um pouco mais sobre a bambuterapia, como funciona, para que serve, como é feita e quais as indicações desse poderoso tratamento. Aproveite essas informações e boa sorte!