Como fazer uma monografia passo a passo

Uma monografia trata muito brevemente de um tópico específico, geralmente, é o produto de um trabalho de pesquisa documental que contabiliza apenas as informações coletadas. Neste, você quer aprender a definir um problema, descobrir e coletar informações através de várias fontes, classificar os materiais e apresentar os resultados de todo um processo de pesquisa documental por escrito.

Estrutura geral

Capa :

Vai de maneira ordenada: nome da universidade, nome da vice-reitoria acadêmica, nome da escola, nome do programa (seja carreira, estudos gerais ou extensão) nome da cadeira, nome e código do curso, centro universitário e código, nome da monografia, nome do estudante, carteira de estudante, período acadêmico.

Introdução:

Geralmente tem uma extensão de 2 a 3. A idéia da introdução é que você dê uma descrição geral do problema com o qual você vai lidar, também é ideal mencionar a maneira como o tópico será abordado, informações gerais sobre ele e seções ou seções que estão no corpo do trabalho. É importante indicar que nesta seção do trabalho você deve indicar o escopo do trabalho que está desenvolvendo, pois sendo o produto de uma investigação documental, você deve ter um limite espacial (espaço geográfico), temporal (tempo: anos do exemplo de análise na última década do 2000) e conceitual (até onde a teoria irá aprofundar) enfim destacar os métodos usados ​​para abordar o problema, triangulação, pesquisa bibliográfica, entrevistas com especialistas etc.

Corpo da Monografia:

Esta é talvez a parte mais importante de toda a monografia, porque todo o trabalho é realizado após a pesquisa documental que você fez. Está organizado em capítulos ou seções que devem ter uma ordem precisa. Vai do geral para o particular progressivamente na apresentação da avaliação e apresentação dos dados. É importante usar uma relação adequada dos remos e uma coerência adequada para isso ajudar muito a classificar os conceitos importantes que abordaremos em um mapa conceitual antes, com isso veremos então qual será o capítulo e as seções que cada capítulo carrega. Para analisar várias coisas (entrevistas, teoria, arte) é prudente usar a triangulação, pode parecer muito complexo, mas é muito fácil aqui nesta subseção nós os explicamos:

  1. Como triangular corretamente?

Isso é usar observações, teorias e outros elementos em um texto para apoiar uma ideia, usando várias fontes qualitativas e quantitativas para expressar uma ideia. Para isso é ideal

  • Recolha e classifique as observações da minha parte.
  • Classifique estas observações com algum tipo de dados, qualitativos ou quantitativos.
  • Escolha a base teórica para apoiar minhas observações e sua classificação.

O orientador pode te ajudar bastante nesta parte, o software Monografis funciona e pode te ajudar também.

Você também deve lembrar que a teoria que você vai apresentar em cada capítulo da monografia é um produto de sua própria análise, de sua interpretação apresentada na forma de texto, tabelas, gráficos etc.

Conclusões

É uma breve reflexão sobre tudo o que foi discutido, ao mesmo tempo em que exigem que seja dada uma posição mostrando o que foi encontrado no final da investigação, que resultados são obtidos e que aprendizado deixa tudo na terceira pessoa do plural.

Recomendações

  1. Deve ser escrito na terceira pessoa do plural.
  2. Delimite muito bem o tópico para ver até onde você estudará o assunto, a que horas e em que espaço.
  3. Depure as informações coletadas de acordo com o acima.
  4. Faça um mapa conceitual antes de começar com o corpo para visualizar quais serão os capítulos e quais serão os sub-temas deles.
  5. Releia sua monografia e corrija os erros