Qual o médico que trata a impotência?

A impotência ou disfunção erétil é um problema que ainda nos dias atuais assombra muitos homens das mais variadas idades.

É preciso esclarecer que impotência é a incapacidade de ter ou manter a ereção do pênis pelo tempo necessário para realizar uma relação sexual satisfatória para ambos os parceiros.

Esta disfunção tem que ser repetitiva e ocorrer em pelo menos 50% das tentativas. Alguns homens se assustam com uma “falha” ocasional e por este motivo acabam desencadeando outras “falhas” apenas pelo medo de falhar.

Se você está tendo estas disfunções por períodos consecutivos, então deve procurar um médico especializado na área.

O médico especializado na impotência é o urologista. Este é o profissional que vai diagnosticar, através de seu histórico e exames se o seu caso é realmente impotência ou apenas uma situação temporária que pode ter sido causada por um momento de estresse, cansaço ou outros fatores emocionais e psicológicos.

Estes especialistas revelam que ainda é pequena a quantidade de pacientes que procuram ajuda em relação ao número de homens que sofrem com o problema.

As causas são bem variadas e podem ser físicas e psicológicas. Entre as causas físicas estão: tabagismo, drogas, obesidade, excesso de álcool, hipertensão, diabetes e outros.

Nas causas psicológicas estão: estresse, traumas emocionais (perda de um familiar por exemplo), baixa autoestima, medo de falhar e outros.

Os urologistas afirmam também que o homens não costuma o pênis como parte do corpo, mas quando este problema se apresenta o pânico toma conta.

Alguns casos são irreversíveis, mas não quer dizer que não tenho solução.

A medicina está avançando bastante nesta área e oferece vários tipos de soluções, de acordo com cada caso.

Atualmente as opções são os comprimidos power blue, injeções e cirurgias (implantes). No caso dos implantes existem algumas opções: maleável, semirrígida, articulável.

As próteses são indicadas somente nos casos de impotência mais grave onde as opções anteriores (comprimidos e injeções) não dão o resultado esperado.

Seja qual for seu caso, as dúvidas sempre surgem e a melhor opção é consultar um urologista para chegar ao diagnóstico correto bem como investigar as causas e partir para o tratamento adequado. Conheça mais um pouco sobre o médico urologista: