Estraguei meu cabelo em casa, o que fazer?

Sem dúvida, esse período de quarentena tem nos obrigado a fazer coisas que, até então, eram bem desconhecidas para muitos. Desde cozinhar, acompanhar dever de casa dos filhos, costurar, fazer faxina, tosar o pet, até cuidar do cabelo, seja cortando ou pintando.

Pois então, se em muitos casos ao errar, é só tentar desfazer e fazer melhor, em outros, no entanto, errou… e agora? Nesses casos, estão aqueles desastres que cometemos com os cabelos, muitas vezes, não tão simples de resolver. Mas, o que fazer nessas situações?

Já pensou? Você resolveu seguir um passo a passo que viu na internet, dar um up no visual, e ao olhar no espelho para conferir o resultado… viu que simplesmente estragou o cabelo e não sabe o que fazer.

Confira também: Gummy Hair Resenha

Então,  foi pensando nessas pessoas que resolveram colocar a mão na massa, ou na tesoura… que resolvemos fazer esse artigo, para dar um socorro em algumas situações. Confira abaixo se você se enquadra em alguma, ou algumas delas.

Pintou o cabelo e ele manchou?

Primeiramente, nada de se desesperar, respire fundo e a boa notícia é que não poderá sair de casa para nenhuma balada mesmo… então, o que não tem remédio, irremediado está.  Agora, se sua cidade ainda está em quarentena, é ter paciência e esperar ela passar para consertar no salão.

Não tem jeito, se não quer que a coisa piore ainda mais, a melhor opção é procurar um profissional, não tente arrumar sozinha, pois poderá fazer mais manchas e deixá-lo ainda pior.

Usou matizador e o cabelo ficou cinza?

A dica é ir lavando, procurar usar um shampoo antirresíduos para o pigmento sair um pouco mais rápido. No mais, não se preocupe, pois ele sairá aos poucos, só é preciso ter paciência.

Cortou a franja e ela ficou torta?

Você se identificou com essa situação? Pois é, mas infelizmente, não há muito o que fazer, a não ser assumir o novo visual. Apele para arcos, tiaras, presilhas e faixas, caso não consiga assumir o erro. No mais, é esperar a quarentena acabar e procurar um salão para dar um jeitinho.

Fez reconstrução e o cabelo ficou rígido?

Acredite, esse problema é mais comum do que se imagina, principalmente, quando abusamos de produtos com queratina. Para resolver o problema, aposte em produtos de hidratação e nutrição. No mais, é procurar fazer o tratamento duas vezes por semana para que o cabelo volte a ficar macio e sedoso.

Hidratou o cabelo e ele ficou oleoso?

Também, muito comum de acontecer, principalmente, em quem tem cabelos mais finos ou pouco cabelo.

Para resolver esse problema, a dica é usar um shampoo antirresíduos ou aqueles mais transparentes, para poder fazer uma limpeza e os fios voltarem ao normal.

Para que isso não volte a acontecer, procure usar sempre produtos recomendados para o seu tipo de cabelo.

5 receitas caseiras de máscaras de hidratação capilar

Cuidar dos cabelos é fundamental para quem quer mantê-los bonitos e saudáveis, e não poder recorrer à salões de beleza não é desculpa para não dar a devida atenção aos fios. Em casa mesmo, com receitas caseiras é possível deixar os cabelos como se tivessem acabado de sair do salão.

Por isso, resolvemos mostrar aqui algumas soluções de máscaras de hidratação capilar que vão deixar seus cabelos com carinha de recém saídos do salão.

Além de fazer estas receitas caseiras, nossa dica é que você compre Capimax para prevenir a queda dos fios e fortalecer o cabelo num todo.

Vale destacar que cada receita é indicada para um objetivo, por isso, leia com atenção para descobrir a que é mais adequada para seus cabelos.  Confira!

1. Máscara de mel e azeite de oliva

Essa máscara é indicada para cabelos ressecados e danificados. Por um lado tem o mel que ajuda a reparar os fios, do outro o azeite, que tanto hidrata como facilita a aplicação.

Primeiramente, lave o cabelo apenas com shampoo, e não use o condicionador ou outros finalizadores.

Receita

  • Misture 4 colheres de sopa de mel (puro) com 8 colheres de azeite de oliva (extra-virgem, extraído a frio e com máximo de 0,5% de acidez).
  • Coloque a mistura no micro-ondas e aqueça por 15 segundos.
  • Passe nos fios, sem chegar até a raiz, mecha a mecha. Enrole e prenda as mechas, para que não grudem no pescoço durante o processo.
  • Após aplicar em todas as mechas, coloque uma touca de banho e deixe a solução agir entre 30 e 40 minutos.
  • Depois, lave o cabelo com shampoo e condicionador, de preferência, em água fria.
  • Deixe secar naturalmente, caso precise utilizar o secador, escolha o jato frio.

2. Máscara de mamão e mel

Indicada para cabelos cacheados, essa máscara hidrata e dá força e brilho aos fios.

Receita

  • Misture metade de um mamão com uma colher de mel e, se possível, duas colheres de sua máscara industrializada favorita;
  • Lave os cabelos com, shampoo;
  • Aplique a máscara nos fios, evitando a raiz;
  • Deixe agir por 20 minutos;
  • Enxágue bem para evitar resíduos;
  • Finalize normalmente.

3. Máscara de banana e aveia

Indicada para cabelos lisos, ressecados e com química.

Receita

  • Lave os cabelos
  • Amasse uma banana média juntamente com uma colher de sopa de aveia em flocos finos até formar uma pasta;
  • Aplique nos fios ainda molhados e deixe agir por 20 minutos.
  • Depois, lave normalmente.

4. Máscara com babosa e óleo de coco

A babosa e o óleo de coco são conhecidos hidratantes naturais, por isso, muito usados em máscaras de hidratação capilar caseiras. Indicado para cabelos danificados.

Receita

  • Misture o gel de uma folha de babosa, devidamente coado, com 1 colher de sopa de óleo de coco extra-virgem (se quiser, pode turbinar a máscara com uma colher de mel e uma de Bepantol derma-solução).
  • Bata a mistura no liquidificador, para que fique uma máscara homogênea
  • Aplique a máscara no cabelo limpo e úmido, fazendo uma massagem repetitiva, de cima para baixo, nos fios;
  • Deixe agir entre 30 e 40 minutos e, depois, lave bem;
  • Finalize com uma mistura de 600 ml de água com duas colheres de vinagre de maçã.

5. Máscara de abacate e mel

Indicada para cabelos desnutridos e porosos.

Receita

  • Lave os cabelos com shampoo (de preferência sem sal);
  • Misture 4 colheres de sopa da polpa do abacate com 1 colher de mel puro;
  • Aplique a mistura nos cabelos;
  • Deixe agir por 20 a 30 minutos;
  • Depois, enxágue com água fria e aplique o condicionador.

Exercícios físicos ajudam ou prejudicam as varizes?

Uma dúvida muito comum de quem tem varizes, é se os exercícios não podem acabar prejudicando o quadro.

Então, as varizes, aquelas veias dilatadas e insuficientes, não devem ser usadas como desculpa para evitar a realização de atividades físicas, na verdade, se exercitar é uma das formas de tratar o problema.

Vale ter em mente que, embora qualquer veia possa ficar varicosa, as varizes são mais comuns nos membros inferiores, causando mais pressão nas pernas ou pés, dependendo do tempo que ficamos em pé ou sentados, por isso, é tão importante se movimentar.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV), uma das maneiras mais eficazes tratar as varizes e impedir a piora dos seus sintomas é, justamente, apostando em uma rotina de exercícios físicos.

Mas, se por um motivo ou outro, a ida à uma academia é inviável, isso não deve servir de desculpa para não colocar na rotina os exercícios físicos.

Exercícios físicos melhoram a circulação do sangue

Não pode ir à academia, seja por problemas financeiros ou por não ter tempo? Então, invista em caminhadas, que podem ser feitas em qualquer lugar, a qualquer hora, ou então, pular corda, dançar, pedalar na bicicleta ergométrica, fazer agachamentos, exercícios que podem ser feitos com o peso do próprio corpo.

Tenha em mente que o importante é fazer o que o seu corpo permite e, claro, com a orientação de um profissional. Se estava sedentário, procure ir com calma e para ter ainda mais resultados recomendamos usar o creme varizero pois ele contribui muito para melhora das varizes.

O importante é entender que as veias se tornam varicosas, dilatadas e tortuosas, quando há algum problema na circulação sanguínea, e que manter o corpo em uma mesma posição, por muito tempo, e ter hábitos sedentários, são algumas das principais causas de piora da doença.

Por isso, é muito importante procurar se manter ativo, sempre que possível, pois o exercício físico auxilia no retorno venoso, ou seja, na volta do sangue dos pés e braços para o coração.

Agora já sabe, falta de tempo, ou dinheiro, não devem mais servir de desculpas para não praticar alguma atividade física, qualquer tipo de prática, desde que não tenha excesso de peso é benéfica.

Como evitar complicações com varizes

Rompimentos por causa de traumas, é só uma das muitas complicações que as varizes podem causar, por isso, toda atenção é pouca a qualquer sinal de piora no quadro e, se for preciso, deve-se procurar a ajuda de um especialista.

Assim, caso perceba sinais como inchaço nas pernas, sensação de pés ou pernas geladas, mudança na coloração dos pés e avermelhamento da perna, é fundamental procurar, o mais rápido possível, um angiologista, pois esses são sintomas graves, e requerem cuidados urgentes.

Mas, sem dúvida, a melhor forma de prevenir possíveis complicações com varizes, é evitando os fatores de risco. Assim, assumir bons hábitos é fundamental, como fazer exercícios físicos, parar de fumar, evitar ganhar peso, procurar conversar com o médico sobre o uso de medicamentos anticoncepcionais, além de, claro, procurar manter uma alimentação saudável.

5 Dicas Para Prevenir a Impotência Sexual

Anda preocupado com sua performance? Morre de medo de falhar, ou voltar a brochar na hora “H”? Então confira essas 5 dicas para prevenir a impotência sexual.

A impotência sexual, dificuldade persistente em ter ou manter uma ereção, é uma condição cada vez mais comum, até mesmo, entre homens mais jovens.

E a impotência sexual pode vir acompanhada de outros tipos de disfunções sexuais, como redução da libido, ausência de orgasmo, ejaculação precoce.

O fato é que muitos motivos podem levar o homem a apresentar os principais sintomas da impotência sexual.  Mas, a boa notícia é que algumas dicas podem ajudar a reduzir e até a prevenir a incidência dessa condição. Confira abaixo cinco dicas para prevenir a impotência sexual.

Fatores de risco da impotência sexual

Infelizmente, diabéticos, hipertensos e homens com problemas no coração têm maior predisposição a sofrerem de impotência sexual.

Por isso, caso tenha algum desses problemas, o melhor é começar a se cuidar o quanto antes, procurando um clínico geral.

O clínico irá fazer um check up geral, além de investigar se não há problemas com relação ao hormônio testosterona, e caso ele esteja abaixo do nível esperado, a impotência sexual pode começar a aparecer. Nesse caso, o andrologista deverá prescrever o tratamento.

Mas, de uma forma generalizada, algumas atitudes podem ajudar a prevenir a impotência sexual, tais como:

Se alimentar adequadamente

Uma alimentação saudável, rica em frutas, legumes e verduras, não só vai ajudar a espantar a impotência sexual, como outras tantas doenças. Ao se alimentar de forma correta, e mantendo o corpo hidratado e bem cuidado, é possível controlar também os fatores de risco e, dessa forma, minimizar os riscos de ter impotência sexual.

Fazer exercícios

Outro aliado no combate à impotência sexual é procurar seguir uma rotina de exercícios, ajudando a prevenir e a manter bons resultados de tratamentos. Pesquisas comprovam que um homem sedentário tem mais chances de desenvolver problemas de saúde e impotência sexual.

Portanto, se você deseja se prevenir, comece investindo em uma caminhada leve e atividades que você tenha prazer em realizar. Comprovadamente, o estresse é uma das principais causas da impotência sexual.

Procurar ajuda médica

Um dos maiores erros cometidos pelos homens é não procurar ajuda médica ou demorar muito para isso, é preciso que assim que qualquer um dos sintomas apareça procurar logo um médico, para um diagnóstico correto e precoce. Quanto antes for tratada, a impotência sexual tem mais chances de ser curada.

Por isso, não espere para ir a um andrologista que irá pedir exames detalhados e diagnosticar com maior precisão os problemas e o tratamento ideal.

Hoje já existe no mercado tratamentos com produtos e gel 100% natural como é o caso do v8 big size que é um produto em gel que ajuda a aumentar o pênis, melhorar a ereção e retardar a ejaculação.

Confie em sua parceira

Acredite, nessas horas o papel da parceira é fundamental, justamente, para  compartilhar e lhe ajudar com a impotência sexual.

Geralmente, homens com esse problema costumam ficar nervosos, inseguros e estressados por não conseguirem satisfazer sua parceira. Por isso, converse com ela, confie nela para desabafar quando preciso, afinal, problemas fazem parte de qualquer relacionamento.

Como prevenir problemas de próstata

A próstata é um órgão localizado sob a bexiga e produz líquido prostático , um dos constituintes do esperma.

Às vezes, quando as células da próstata começam a se dividir anormalmente e se multiplicar, a próstata começa a aumentar.

Esta condição é conhecida como aumento prostático benigno ou hiperplasia prostática benigna (BPH) .

Geralmente afeta homens acima de 50 anos . Além disso, quase 90% dos homens com mais de 80 anos vivem com a HBP.

Infelizmente, os cientistas ainda não encontraram uma maneira confiável de prevenir problemas de próstata, mas existem vários métodos naturais que podem ajudar a reduzir os fatores de risco .

Métodos naturais para prevenir problemas de próstata

Mude sua dieta

Vários estudos sugeriram que mudar a dieta pode realmente ajudar a reduzir o risco de desenvolver problemas de próstata.

Por exemplo, foi demonstrado que alimentos com baixo teor de gordura e porções aumentadas de frutas e legumes podem reduzir o risco de câncer de próstata . No entanto, nenhuma evidência concreta foi publicada.

Aqui estão as mudanças na dieta recomendadas por especialistas em saúde:

  • Reduzir o consumo de laticínios

A pesquisa mostrou que homens que consomem laticínios regularmente têm maior risco de desenvolver problemas de próstata.

Produtos como leite, iogurte e queijo podem ser saudáveis, mas você deve limitar o consumo .

Veja também: Renova Prost Funciona

No entanto, ainda não há evidências concretas e os riscos podem ser insignificantes.

  • Escolha uma dieta com pouca gordura

Embora não haja evidências claras para sugerir que o excesso de gordura cause problemas de próstata, como câncer de próstata, dietas com pouca gordura têm alguns benefícios à saúde .

Eles ajudam a manter o peso ideal e também são bons para o coração .

Para reduzir a quantidade de gordura que você come todos os dias, é necessário reduzir alimentos gordurosos, como carne e leite, e escolher carnes magras.

Da mesma forma, escolha produtos lácteos com baixo teor de gordura e reduza a quantidade de óleo que você usa para cozinhar suas refeições.

  • Coma mais frutas e legumes

Quando você fornece ao seu corpo nutrientes e vitaminas essenciais, suas células funcionam nos níveis ideais, ajudando a prevenir muitas doenças.

A melhor maneira de fazer isso é comer mais frutas e vegetais todos os dias .

Embora nenhuma pesquisa mostre que comer frutas e legumes pode reduzir o risco de aumento da próstata, seu corpo estará melhor equipado para lidar com qualquer célula nociva que você tentar se comportar mal.

Considere substituir bolos, biscoitos e outros lanches prejudiciais à saúde por frutas e legumes.

  • Pratique esportes regularmente

O treinamento tem muitos benefícios à saúde, incluindo controle de peso e manutenção da forma.

Alguns estudos também mostraram que homens que praticam esportes desenvolvem, em média, um risco menor de desenvolver problemas de próstata .

O treinamento não precisa ser extremamente difícil e cansativo. Coisas simples como caminhar, subir as escadas em vez do elevador e fazer jogging pela manhã ou à noite podem ajudar você a se manter saudável.

O importante é ter um plano para acompanhar sua atividade de treinamento…

Pronto, seguindo estas dicas, o risco de você vir a ter algum problema de próstata são realmente bem pequenos!

7 técnicas e dicas para reduzir a ansiedade

A SAR define  ansiedade como: “O estado de agitação, inquietação ou ansiedade”. No entanto, realmente quem já sofreu, sofre esporadicamente ou para quem é seu grande companheiro na vida cotidiana é algo que merece uma definição de mais de nove palavras.

Em primeiro lugar, nem toda ansiedade é prejudicial ao corpo e à mente, há um certo nível de ansiedade positiva, aquela inquietação que nos ajuda a sair de situações complicadas. Ou seja, ajuda-nos a estar atentos a possíveis perigos ou atentos a eventos relevantes. Funciona como uma espécie de “anjo da guarda” por dentro.

A ansiedade também pode ser negativa.

Por outro lado, encontramos ansiedade negativa … Como é diferente da anterior? Esse tipo de ansiedade causa um medo exagerado e irracional de um evento (como o medo de falar em público, subir de elevador etc.) que, além das óbvias reações psicológicas, é acompanhado por reações físicas (sudorese, palpitações, tremor, desconforto gástrico …) na expectativa de que algo catastrófico aconteça, mesmo que isso seja muito improvável.

Vários distúrbios são derivados da ansiedade negativa, como:

  • Transtorno do pânico
  • Transtorno obsessivo-compulsivo (TOC)
  • Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT)
  • Fobia social (ou transtorno de ansiedade social)
  • Fobias específicas
  • Transtorno de ansiedade generalizada (TAG)

Recomendado: Qual o melhor antidepressivo natural?

Técnicas para reduzir a ansiedade

Embora cada um deles tenha um tratamento específico, podemos adicionar uma série de técnicas que ajudam a melhorar os estados de ansiedade:

1. Exercício físico

O  exercício vai ajudar-nos a evitar ativação excessiva do sistema nervoso e obter um sono mais repousante . Se nosso estado físico não nos permitir realizar exercícios, podemos optar por ritmos suaves em intervalos curtos.

2. Hábitos de sono e alimentação

Uma dieta desequilibrada pode prejudicar alguns sintomas gastrointestinais associados a alguns estados de ansiedade; uma dieta saudável e equilibrada nos ajudará a controlá-la . Em relação ao sono,  os benefícios de dormir bem são óbvios , se percebermos que a ansiedade não nos deixa dormir (ou pior, o pensamento de que não podemos dormir, não nos deixa dormir), podemos optar por ler algo chato até o próprio sonho chegar. para nos visitar

3. Modelagem (observação)

Como aprendemos com  Albert Bandura , podemos usar a modelagem observando outras pessoas que não demonstram ansiedade por eventos que não demonstram esses sentimentos temidos. Mesmo conversando com pessoas que conseguiram superar problemas de ansiedade e que comentam as técnicas que trabalharam para eles, restaura a esperança de poder controlá-lo.

4. Senso de humor

Nossa tendência para situações que nos causam ansiedade é reagir negativamente e levá-la muito a sério. Às vezes, uma pessoa com ansiedade não consegue perceber o quanto sua reação pode ser ridícula. É importante ver também a parte divertida e otimista dos problemas . Por exemplo, antes de um pensamento recorrente, podemos tentar cantá-lo ou nos dizer em outro idioma.

5. Meditação e Atenção Plena

É provável que você já tenha ouvido falar sobre Mindfulness , é uma técnica de meditação que o ajudará a obter mindfulness . Em um ambiente descontraído, onde você garante que ninguém vai incomodá-lo, concentre-se na respiração, nas sensações corporais, no som ou em um objeto e pratique a atenção plena. Se você quiser conhecer maneiras diferentes de praticar a atenção plena, leia nosso artigo: “5 exercícios de atenção plena para melhorar seu bem-estar emocional” .

6. Métodos de distração

Se usarmos distrações apropriadas, podemos interromper, mesmo que temporariamente, o pensamento que nos causa ansiedade : pare de pensar, ler, lazer, caminhar, entre outros.

7. Psicofarmacêuticos

É possível que sua ansiedade tenha um componente físico. Se o seu médico confirmar que sua condição médica não é física, mas mental, você pode solicitar uma consulta com um psiquiatra e que alguns ansiolíticos podem ajudá-lo. Os medicamentos podem ser muito úteis, embora você também deva fazer sua parte. Não pense em se automedicar, mesmo se alguém lhe disser que tudo correu bem.

As possíveis conseqüências da ejaculação precoce

A primeira consequência da ejaculação precoce é, obviamente, o que sentirá o homem que sofre. Ele inicialmente se sentirá envergonhado, frustrado, envergonhado e não terá confiança nele.

Isso pode prejudicar o relacionamento que ele tem com seu parceiro. Ele terá a impressão de não mais “garantir” e poderá, com o tempo, ficar deprimido. A ejaculação precoce pode levar a conflitos em alguns casais, disputas e, em alguns casos, pode chegar ao ponto de ruptura.

No entanto, deve-se saber que a ejaculação precoce é comum e que, embora ainda seja um assunto tabu, muitos homens a enfrentarão durante a vida. Felizmente, hoje existem tratamentos, soluções, dicas para solicitar que tudo volte rapidamente.

Os tratamentos contra a ejaculação precoce

Se você sofre de ejaculação precoce, hoje existem tratamentos ou soluções que podem ajudá-lo a controlar melhor sua ejaculação para recuperar uma vida sexual satisfatória!

Medicamentos

Para tratar a ejaculação precoce, existem principalmente dois medicamentos:

  • Sperm Control

Sperm Control contém um potente inibidor seletivo ativo da recaptação de serotonina. Este agente ativo é usado principalmente como antidepressivo. Seu papel é garantir um certo bem-estar e eliminar o estresse, o medo, a ansiedade e a perda de auto-estima que se sente quando se sofre de ejaculação precoce.

Este medicamento vem na forma de comprimidos e deve ser tomado 1 a 3 horas antes da relação sexual. Tem a capacidade de multiplicar por 3 o tempo antes da ejaculação e é eficaz por 6 a 8 horas. Sperm Control é um medicamento muito prescrito pelos médicos para tratar a ejaculação precoce.

  • Emla

Emla é um creme que contém anestésicos locais. Seus dois agentes ativos (lidocaína, prilocaína) cancelam a hipersensibilidade da área e reduzem a transmissão de sinais de prazer ao sistema nervoso central.

Você deve aplicar este creme e aguardar (dependendo do tempo de exposição indicado pelo seu médico) entre 10 minutos e 1 hora. Emla tem a capacidade de retardar a ejaculação e sua eficácia foi demonstrada por muitos estudos.

Retardadores de ejaculação

Ao falar sobre o disparador automático, é:

  • Toalhetes Viaman

Esses toalhetes são compostos de ingredientes como extrato de hortelã ou erva de São João, conhecidos por sua eficácia no atraso da ejaculação. Eles são discretos e fáceis de usar. Basta aplicar o pano na área e esperar vinte minutos para fazer sexo.

  • O spray retardador Viaman

Sem perfume, composto de ingredientes ativos naturais, discretos, este spray pode ser a solução para quem sofre de ejaculação precoce. Você só precisa usar este spray cerca de 20 minutos antes do ato sexual para controlar sua ejaculação. Para ter sempre consigo e com toda a discrição, este spray retardador de ejaculação está disponível em tamanho de bolso.

Ele substitui o brilho por vários meses, agora o Spray Stud100, que não é mais vendido na França.

  • Preservativos

Todas as principais marcas de preservativos agora oferecem em sua faixa uma ejaculação retardada de preservativo. Você terá a opção de forma, espessura, gel anestésico etc.

Esse tipo de preservativo é uma solução simples e discreta, barata. Ele foi projetado para reduzir pela metade a estimulação gerada pelo contato entre o pênis e o sexo da mulher. O preservativo neste caso contém um gel anestésico que geralmente é bazocaína e está localizado no tanque. Assim, entra em contato com as membranas mucosas da glande durante a relação sexual e, assim, reduz a excitação sentida pelos seres humanos.

O papel do parceira

Quando alguém sofre de ejaculação precoce, a vergonha e a perda de confiança se instalam. É importante que o homem fale com seu parceiro e explique a ele sua dor, o que ele sente . Deve-se saber que o silêncio ou a negação é mais prejudicial do que a própria ejaculação precoce.

A parceira deve prestar atenção às palavras que proferem e, acima de tudo, deve evitar as críticas que apenas irão agravar a situação. Se seu homem costuma ter ejaculação precoce, você não deve julgá-lo, mas tranquilizá-lo.

Você deve saber que, se seu parceiro reagir negativamente desse ponto de vista diante dessa situação, com argumentos na chave, isso é sinal de uma disfunção mais profunda e um casal que não pode resolver uma dificuldade sexual é um casal o que não vai durar.

Se, pelo contrário, seu parceiro estiver disposto a ajudá-lo a superar essa dificuldade, mostrando compreensão e escuta, é bem possível que seus problemas de ejaculação precoce sejam resolvidos rapidamente, porque vocês estarão unidos e juntos. .

Como lucrar com futebol

A modernidade nunca trouxe tantas oportunidades para as pessoas ganharem dinheiro e em muitos casos nem é preciso sair de casa para isto, basta ter um computador e conexão com a Internet e pronto, você pode ter acesso a vários tipos de negócios e investimentos que permitem lucrar a partir de casa mesmo.

Este é o sonho de muitas pessoas, ganhar dinheiro trabalhando em casa. Hoje este sonho já virou realidade para milhares de pessoas no mundo e no Brasil não é diferente, existem centenas de formas de se lucrar online, desde como sites ganhando dinheiro com visitas neles, vendendo produtos ou com anúncios do Adsense, até venda de serviços em sites de freelancer online e outros parecidos.

Mas o que quero mostrar hoje aqui é como você pode lucrar com futebol e isto a partir de sua casa, não importando se você é um péssimo jogador, porque você não precisa jogar para ganhar dinheiro com futebol, basta conhecer um pouco do jogo, se você for um torcedor assíduo e fanático, dai fica mais fácil ainda.

Estou falando das Apostas Online em jogos de Futebol, sim isto existe e é algo que tem ganhado muito espaço a cada ano que passa, muitas pessoas inclusive vivem somente desta atividade. E antes que você ache que isto é apenas algo como um cassino, saiba que está redondamente errado.

Como explicado pelo Duarte, criador do Curso Futebol Milionário 2.0, o trader esportivo, que é o nome dado a este tipo de negócio, não tem nada a ver com jogo de azar, pode vir a ser se a pessoa não souber o que fazer, mas o que manda são as estatísticas, tudo é uma questão de análise e estatísticas.

E se você for uma daquelas pessoas que ama assistir jogos de futebol, seja do seu time preferido ou não, dai as chances de acerto são muito maiores, pois jogam ao seu favor, já que conhece muito mais que as demais pessoas.

Esta atividade já é algo legalizado em todo mundo, então dá pra lucrar com futebol tranquilamente sem se preocupar com questões legais, muitos traders estão fazendo 5 dígitos mensais ou mais aqui no Brasil e você também pode chegar neste patamar, mas mesmo que conheça muito sobre futebol, recomendamos que antes de sair se aventurando neste mundo, que pesquise mais sobre o trading esportivo e se possível adquira um curso pra entender bem como funciona, pode ter certeza que vai valer a pena!

 

Tratamento laser para rugas

O passar do tempo é algo inevitável e com ele, ganhamos mais experiencia de vida. Por outro lado, ganhamos mais rugas e uma pele menos viçosa e bonita.

O fato é que as rugas fazem arte da vida, mas algumas pessoas lidam melhor com elas do que outras.

Então, partindo sempre da premissa que o mais importante é se sentir bem com a própria aparência, não há nada de errado em procurar opções de tratamentos que possam suavizas os sinais da passagem do tempo.

Além disso, fatores genéticos ou ambientais podem fazer com que as rugas se apresentem muito precocemente, causando muito desconforto.

Então, vamos conhecer o tratamento laser para rugas e entender como ele pode ajudar a ter uma pele mais bonita e mais jovem.

O que é o laser CO2 fracionado?

Esse tipo de laser de CO2 atua na pele provocando queimaduras. Então, quando essa agressão vai cicatrizando, a produção de colágeno é estimulada, bem como a contração da pele, levando ao seu esticamento e melhorando sua beleza facial, sendo assim você se sente mais jovem e bonita.

A consequência disso é uma suavização das rugas e também melhora nas marcas de expressão.

Vale lembrar que esse tipo de laser irá remover a camada inteira da pele. Assim, pode agir na derme ou na epiderme, de acordo com a intensidade programada por quem está aplicando o procedimento.

Vale lembrar ainda que a recuperação tende a ser lenta, visto que a agressão do laser atinge uma grande área da pele. Por isso, a probabilidade de manchas é muito maior.

Justamente por isso que foi criado o laser de CO2 fracionado, que é um único raio que se divide em vários microrraios, que atingem a pele mais profundamente, mas em melhores áreas.

Dessa forma ele consegue mesclar áreas onde o laser atuou com áreas intocadas, possibilitando uma recuperação bem mais rápida e eficiente.

Tratamento laser para rugas funciona?

Claro que sim! Depois da aplicação do procedimento, a pele irá iniciar o seu processo de recuperação, renovando-se e com estímulo à produção de colágeno.

O resultado disso tudo é uma pele mais viçosa, com poros reduzidos e uma textura mais lisa e macia.

Além disso, com a recuperação é possível notar uma grande suavização das manchas e também das rugas e marcas de expressão.

No entanto, é importante ressaltar que o laser CO2 oferece um resultado mais intenso.

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre o tratamento laser para rugas. Se ainda tem dúvidas, veja o vídeo abaixo:

Transplante capilar para calvície

Uma das principais causas da calvície são fatores genéticos, lembrando que essa é uma condição que pode se manifestar em qualquer idade. No entanto, quanto mais cedo for a sua manifestação, mais acentuado é o caso e mais difícil é lidar com suas consequências.

O transplante capilar se princípios que já são estudados desde a década de 50, nos quais um folículo capilar retirado de uma área doadora e aplicado em uma área calva vai se comportar como se estivesse em seu lugar de origem, ou seja, irá criar raízes e crescer.

Dessa forma, a ideia é bastante simples: retirar os cabelos de uma área que não foi afetada pela queda de cabelos, já que seus folículos não apresentam predisposição à queda. Assim, os fios voltam a crescer naturalmente.

Quando o transplante capilar é indicado?

Esse tipo de procedimento pode ser realizado em qualquer pessoa que esteja apresentando um quadro de alopecia androgenética e que deseje recuperar os cabelos na área de calvície. Mas só se você realmente estiver calvo, se o problema for apenas alguma falha pequena em alguma região, dai não compensa, vale mais a pena usar Make Hair para disfarçar e pronto.

Porém, é sempre muito importante que um profissional possa analisar cada caso de forma individualizada, a fim de determinar o estágio da calvície e a melhor forma de proceder com o transplante.

Isso porque alguns especialistas só indicam a realização do procedimento depois que o problema já está estabilizado.

Como funciona o transplante capilar

Existem duas técnicas que podem ser utilizadas para a realização do transplante capilar. A mais conhecida e mais simples se chama FUT, que é a sigla em inglês para transplante da unidade folicular.

Além disso, existe a técnica que se chama FUE, que é a sigla em inglês para extração das unidades foliculares, lembrando que essa não deixa a cicatriz linear como a anterior.

A técnica FUT, que é a mais convencional, realiza a remoção de uma faixa de cabelo na parte de traz da nuca. Essa faixa é levada a um microscópio de alta resolução e dividida em fatias muito finas de 1mm, que se chama slivers.

Então, essas pequenas fatias são separadas em unidades foliculares com 1, 2 ou 3 fios.

Na técnica FUE, o cirurgião realiza a remoção da unidade folicular diretamente do couro cabeludo, que posteriormente são levadas ao microscópio para serem lapidadas.

a diferença entre os procedimentos está somente no modo como as unidades foliculares são obtidas. Depois disso, ambos processos realizam o transplante por meio de pequenas incisões no couro cabeludo.

Para saber mais sobre transplante capilar, assista: