Estraguei meu cabelo em casa, o que fazer?

Sem dúvida, esse período de quarentena tem nos obrigado a fazer coisas que, até então, eram bem desconhecidas para muitos. Desde cozinhar, acompanhar dever de casa dos filhos, costurar, fazer faxina, tosar o pet, até cuidar do cabelo, seja cortando ou pintando.

Pois então, se em muitos casos ao errar, é só tentar desfazer e fazer melhor, em outros, no entanto, errou… e agora? Nesses casos, estão aqueles desastres que cometemos com os cabelos, muitas vezes, não tão simples de resolver. Mas, o que fazer nessas situações?

Já pensou? Você resolveu seguir um passo a passo que viu na internet, dar um up no visual, e ao olhar no espelho para conferir o resultado… viu que simplesmente estragou o cabelo e não sabe o que fazer.

Confira também: Gummy Hair Resenha

Então,  foi pensando nessas pessoas que resolveram colocar a mão na massa, ou na tesoura… que resolvemos fazer esse artigo, para dar um socorro em algumas situações. Confira abaixo se você se enquadra em alguma, ou algumas delas.

Pintou o cabelo e ele manchou?

Primeiramente, nada de se desesperar, respire fundo e a boa notícia é que não poderá sair de casa para nenhuma balada mesmo… então, o que não tem remédio, irremediado está.  Agora, se sua cidade ainda está em quarentena, é ter paciência e esperar ela passar para consertar no salão.

Não tem jeito, se não quer que a coisa piore ainda mais, a melhor opção é procurar um profissional, não tente arrumar sozinha, pois poderá fazer mais manchas e deixá-lo ainda pior.

Usou matizador e o cabelo ficou cinza?

A dica é ir lavando, procurar usar um shampoo antirresíduos para o pigmento sair um pouco mais rápido. No mais, não se preocupe, pois ele sairá aos poucos, só é preciso ter paciência.

Cortou a franja e ela ficou torta?

Você se identificou com essa situação? Pois é, mas infelizmente, não há muito o que fazer, a não ser assumir o novo visual. Apele para arcos, tiaras, presilhas e faixas, caso não consiga assumir o erro. No mais, é esperar a quarentena acabar e procurar um salão para dar um jeitinho.

Fez reconstrução e o cabelo ficou rígido?

Acredite, esse problema é mais comum do que se imagina, principalmente, quando abusamos de produtos com queratina. Para resolver o problema, aposte em produtos de hidratação e nutrição. No mais, é procurar fazer o tratamento duas vezes por semana para que o cabelo volte a ficar macio e sedoso.

Hidratou o cabelo e ele ficou oleoso?

Também, muito comum de acontecer, principalmente, em quem tem cabelos mais finos ou pouco cabelo.

Para resolver esse problema, a dica é usar um shampoo antirresíduos ou aqueles mais transparentes, para poder fazer uma limpeza e os fios voltarem ao normal.

Para que isso não volte a acontecer, procure usar sempre produtos recomendados para o seu tipo de cabelo.

5 receitas caseiras de máscaras de hidratação capilar

Cuidar dos cabelos é fundamental para quem quer mantê-los bonitos e saudáveis, e não poder recorrer à salões de beleza não é desculpa para não dar a devida atenção aos fios. Em casa mesmo, com receitas caseiras é possível deixar os cabelos como se tivessem acabado de sair do salão.

Por isso, resolvemos mostrar aqui algumas soluções de máscaras de hidratação capilar que vão deixar seus cabelos com carinha de recém saídos do salão.

Além de fazer estas receitas caseiras, nossa dica é que você compre Capimax para prevenir a queda dos fios e fortalecer o cabelo num todo.

Vale destacar que cada receita é indicada para um objetivo, por isso, leia com atenção para descobrir a que é mais adequada para seus cabelos.  Confira!

1. Máscara de mel e azeite de oliva

Essa máscara é indicada para cabelos ressecados e danificados. Por um lado tem o mel que ajuda a reparar os fios, do outro o azeite, que tanto hidrata como facilita a aplicação.

Primeiramente, lave o cabelo apenas com shampoo, e não use o condicionador ou outros finalizadores.

Receita

  • Misture 4 colheres de sopa de mel (puro) com 8 colheres de azeite de oliva (extra-virgem, extraído a frio e com máximo de 0,5% de acidez).
  • Coloque a mistura no micro-ondas e aqueça por 15 segundos.
  • Passe nos fios, sem chegar até a raiz, mecha a mecha. Enrole e prenda as mechas, para que não grudem no pescoço durante o processo.
  • Após aplicar em todas as mechas, coloque uma touca de banho e deixe a solução agir entre 30 e 40 minutos.
  • Depois, lave o cabelo com shampoo e condicionador, de preferência, em água fria.
  • Deixe secar naturalmente, caso precise utilizar o secador, escolha o jato frio.

2. Máscara de mamão e mel

Indicada para cabelos cacheados, essa máscara hidrata e dá força e brilho aos fios.

Receita

  • Misture metade de um mamão com uma colher de mel e, se possível, duas colheres de sua máscara industrializada favorita;
  • Lave os cabelos com, shampoo;
  • Aplique a máscara nos fios, evitando a raiz;
  • Deixe agir por 20 minutos;
  • Enxágue bem para evitar resíduos;
  • Finalize normalmente.

3. Máscara de banana e aveia

Indicada para cabelos lisos, ressecados e com química.

Receita

  • Lave os cabelos
  • Amasse uma banana média juntamente com uma colher de sopa de aveia em flocos finos até formar uma pasta;
  • Aplique nos fios ainda molhados e deixe agir por 20 minutos.
  • Depois, lave normalmente.

4. Máscara com babosa e óleo de coco

A babosa e o óleo de coco são conhecidos hidratantes naturais, por isso, muito usados em máscaras de hidratação capilar caseiras. Indicado para cabelos danificados.

Receita

  • Misture o gel de uma folha de babosa, devidamente coado, com 1 colher de sopa de óleo de coco extra-virgem (se quiser, pode turbinar a máscara com uma colher de mel e uma de Bepantol derma-solução).
  • Bata a mistura no liquidificador, para que fique uma máscara homogênea
  • Aplique a máscara no cabelo limpo e úmido, fazendo uma massagem repetitiva, de cima para baixo, nos fios;
  • Deixe agir entre 30 e 40 minutos e, depois, lave bem;
  • Finalize com uma mistura de 600 ml de água com duas colheres de vinagre de maçã.

5. Máscara de abacate e mel

Indicada para cabelos desnutridos e porosos.

Receita

  • Lave os cabelos com shampoo (de preferência sem sal);
  • Misture 4 colheres de sopa da polpa do abacate com 1 colher de mel puro;
  • Aplique a mistura nos cabelos;
  • Deixe agir por 20 a 30 minutos;
  • Depois, enxágue com água fria e aplique o condicionador.

Tratamento laser para rugas

O passar do tempo é algo inevitável e com ele, ganhamos mais experiencia de vida. Por outro lado, ganhamos mais rugas e uma pele menos viçosa e bonita.

O fato é que as rugas fazem arte da vida, mas algumas pessoas lidam melhor com elas do que outras.

Então, partindo sempre da premissa que o mais importante é se sentir bem com a própria aparência, não há nada de errado em procurar opções de tratamentos que possam suavizas os sinais da passagem do tempo.

Além disso, fatores genéticos ou ambientais podem fazer com que as rugas se apresentem muito precocemente, causando muito desconforto.

Então, vamos conhecer o tratamento laser para rugas e entender como ele pode ajudar a ter uma pele mais bonita e mais jovem.

O que é o laser CO2 fracionado?

Esse tipo de laser de CO2 atua na pele provocando queimaduras. Então, quando essa agressão vai cicatrizando, a produção de colágeno é estimulada, bem como a contração da pele, levando ao seu esticamento e melhorando sua beleza facial, sendo assim você se sente mais jovem e bonita.

A consequência disso é uma suavização das rugas e também melhora nas marcas de expressão.

Vale lembrar que esse tipo de laser irá remover a camada inteira da pele. Assim, pode agir na derme ou na epiderme, de acordo com a intensidade programada por quem está aplicando o procedimento.

Vale lembrar ainda que a recuperação tende a ser lenta, visto que a agressão do laser atinge uma grande área da pele. Por isso, a probabilidade de manchas é muito maior.

Justamente por isso que foi criado o laser de CO2 fracionado, que é um único raio que se divide em vários microrraios, que atingem a pele mais profundamente, mas em melhores áreas.

Dessa forma ele consegue mesclar áreas onde o laser atuou com áreas intocadas, possibilitando uma recuperação bem mais rápida e eficiente.

Tratamento laser para rugas funciona?

Claro que sim! Depois da aplicação do procedimento, a pele irá iniciar o seu processo de recuperação, renovando-se e com estímulo à produção de colágeno.

O resultado disso tudo é uma pele mais viçosa, com poros reduzidos e uma textura mais lisa e macia.

Além disso, com a recuperação é possível notar uma grande suavização das manchas e também das rugas e marcas de expressão.

No entanto, é importante ressaltar que o laser CO2 oferece um resultado mais intenso.

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre o tratamento laser para rugas. Se ainda tem dúvidas, veja o vídeo abaixo:

Bambuterapia o que é, e como funciona

Atualmente, a vida está bastante corrida e estressantes, o que torna a rotina bem pesada. No entanto, existem alternativas como a bambuterapia que podem ajudar nessa questão.

O fato é que as técnicas de relaxamento estão sendo cada vez mais procuradas, especialmente para aquelas pessoas que necessitam aliviar as tensões do dia a dia.

Isso sem falar que a busca por um corpo atraente e mais bonito também é uma tendência crescente, visto que isso tem uma relação direta também com o bem estar pessoal.

Dessa forma, diversas técnicas do mundo inteiro vão se espalhando e se popularizando em outras localidades, apresentando sempre novas formas de aplicação, materiais e benefícios.

Com isso, é possível conquistar sempre novos resultados através de técnicas inovadoras e cheias de vantagens.

Então, se você quer saber um pouco mais sobre a bambuterapia, continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber sobre esse assunto. Vamos lá?!

O que é bambuterapia?

Para quem não conhece, a bambuterapia nada mais é do que uma técnica de origem francesa, que atua oferecendo benefícios tanto estéticos como de bem-estar físico, embora muita gente acredite inicialmente que ela é chinesa, o que é um engano.

A técnica consiste em utilizar diferentes tamanhos de bambus para massagear o corpo.

Assim ela está mudando a vida de muitas mulheres no mundo inteiro. Isso porque a promessa é que a técnica ajuda a remodelar o corpo, diminuir as medidas e ainda a relaxar muito.

Além disso, considerando o aspecto estético, a bambuterapia ainda atua como uma drenagem linfática muito eficiente, ajudando a combater a retenção de líquidos. O melhor dito tudo é que as peças de bambu ainda contribuem para a eliminação do tecido adiposo.

Além disso, o uso do bambu no faz pressão no corpo, aliviando a tensão muscular, os dores na musculatira e aumentando a sensação de bem-estar.

Como funciona a bambuterapia

Uma sessão dessa técnica deve ter a duração de cerca de 40 minutos e é feita com o cliente usando uma roupa de banho.

De uma forma bem simples, o profissional especialista na técnica irá usar os bambus para aplicar uma massagem no corpo do paciente. Para potencializar os resultados, são usados diferentes tamanhos de bambus.

Assim, o profissional irá escolher o tamanho de bambu mais indicado para a parte do corpo do paciente e vai usá-lo para aplicar pressão em diferentes pontos do corpo, rolando o bambu.

Os valores podem variar bastante de acordo a região e o local escolhido para a realização do procedimento. No entanto, é um tipo de técnica que melhora com a frequência, então, diversos centros de estética oferecem opção de pacotes de massagem.

Quando é indicada a bambuterapia

A bambuterapia é uma técnica que traz benefícios para a saúde estética e física, ou seja, ajuda a modelar o corpo e aumenta o bem estar físico.

Então, ela é indicada quando o paciente deseja os seguintes benefícios:

  • Diminuição da celulite
  • Ajuda a combater a gordura localizada
  • Atua contra a flacidez
  • Promove a diminuição das medidas

Vale lembrar, porém, que esse tipo de técnica não deve ser aplicada em pacientes com câncer, diabetes ou trombose, que são as mesmas contraindicações de uma drenagem linfática, por exemplo.

Porque utilizar bambus

Pois bem, de início pode até parecer meio estranho usar esse tipo de material para a aplicação de massagens. No entanto, a superfície do bambu é regular, fazendo com que ele seja considerado um ótimo material para massagem, visto que desliza bem pelo corpo.

Mais do que isso, segundo os orientais, o bambu significa leveza e força ao mesmo tempo.

Justamente por causa dessas suas características é que ele pode proporcionar uma massagem com bastante firmeza, mas sem machucar ou causar danos ao paciente.

Vale ressaltar ainda que a bambuterapia não apresenta quaisquer tipos de efeitos colaterais. Por isso é que ela pode ser feita em pessoas de qualquer idade ou sexo.

Porém, como já foi dito anteriormente, ela possui ação modeladora e é por isso que ela é contraindicada para pacientes que possuem câncer, trombose, diabetes, entre outras condições crônicas.

A boa notícia é que essa técnica é muito benéfica para o tratamento de celulite, flacidez e também na eliminação de gordura localizada.

Sendo assim, é comprovado que a bambuterapia traz uma série de benefícios. Porém, o mais indicado é sempre falar com um médico antes de adotar qualquer tipo de procedimento, incluindo aqueles que são estéticos.

Se o médico aprovar, pronto, basta relaxar e aproveitar todos os benefícios que a bambuterapia pode oferecer para você e para o seu corpo.

Então, agora você já sabe um pouco mais sobre a bambuterapia, como funciona, para que serve, como é feita e quais as indicações desse poderoso tratamento. Aproveite essas informações e boa sorte!